Sede da OAB Campinas terá plantio de mudas com identificação digital

São Paulo sediária XXIII Conferência Nacional de 27 a 30 de novembro
19/01/2017
Plantio de mudas de árvores na Casa da Advocacia – 31/01/2017
31/01/2017

A diretoria da OAB Campinas convida os advogados a participarem do evento de plantio de mudas de árvores na área da Casa da Advocacia de Campinas, que será realizado na próxima terça-feira, 31 de janeiro, às 9h.

Ao todo a sede da OAB Campinas receberá 64 mudas de árvores nativas de 15 espécies diferentes, incluindo frutíferas, entre elas uvaia, pitanga e ipê roxo, cedro rosa e jequitibá rosa, considerado um dos maiores exemplares da flora do Brasil.

A ação ambiental faz parte do programa Muda Campinas, iniciativa que envolve a Secretaria Municipal do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e a MRV Engenharia, dentro do compromisso de compensação ambiental firmado entre a construtora e a Prefeitura de Campinas.

A cerimônia contará com a participação do presidente da OAB Campinas, Daniel Blikstein acompanhado pela vice-presidente Luciana Cunha, e dos diretores Paulo Braga, Cláudio Vieira e Ivan Castrese, e terá a presença do secretário Rogério Menezes, titular da Secretaria Municipal do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e do diretor de Produção da MRV Engenharia, Tulio Pereira Barbosa.

Identificação Digital   

As mudas a serem plantadas na área da Casa da Advocacia farão parte do Sistema de Identificação Digital de Árvores, uma ferramenta  desenvolvida para possibilitar a consulta do histórico de das árvores existentes ou plantadas  em Campinas. O sistema consiste na utilização de um aplicativo gratuito de internet, o QR Code, por meio do qual as pessoas podem baixar, no celular ou tablet, informações sobre cada uma das árvores.

Para ter as informações da espécie, basta posicionar o equipamento eletrônico em frente ao cartão de identificação digital, localizado ao pé de cada árvore. O sistema informa o nome da planta, espécie, data de plantio, época em que floresce, quando foi adubada, se a fruta é comestível, entre outros dados armazenados.

O sistema denominado SID Anubz, uma tecnologia pioneira no país, foi desenvolvido pela empresa  Anubz Innovative Solutions para a realização do cadastro georreferenciado de árvores, permitindo, com praticidade e exatidão, o mapeamento e monitoração das mudas do ato do plantio ao processo de desenvolvimento. 

O Sistema de Identificação Digital também conta com um portal na internet, no endereço http://ambientecampinas.wix.com/qrcode., com  informações sobre o funcionamento do sistema de compensação ambiental, os órgãos envolvidos e as vantagens do sistema.