Conselho Federal da OAB lança segunda edição da Cartilha de Saúde Mental da Advocacia

Nota de Falecimento
14/01/2020
VI Congresso Brasileiro de Direito Previdenciário do IEPREV: inscrições abertas
16/01/2020

Permanentemente sujeitos a pressão de vários tipos, profissionais da advocacia costumam ser suscetíveis a doenças mentais. Com o objetivo de alertar advogados e advogadas para esse fato, incentivando-os a adotar condutas que favoreçam o bem estar psicológico, o Conselho Federal da OAB lançou a segunda edição da Cartilha da Saúde Mental da Advocacia.

“A CAASP, com seu histórico de campanhas de prevenção e conscientização da classe no campo da saúde preventiva, convida a advocacia paulista a explorar a Cartilha da Saúde Mental, cujo conteúdo pode estimular a autoanálise e a busca de um profissional especializado, se for o caso”, concita a diretora da CAASP Raquel Tamassia.

A Cartilha da Saúde Mental da Advocacia, organizada pela conselheira federal da Ordem Sandra Krieger, coordenadora do Programa da Saúde Mental da Advocacia, joga luz sobre o tema. Em linguagem simples e didática, resgata situações corriqueiras que podem ser vivenciadas pelos profissionais do Direito e que, catalogadas, ajudam na identificação de problemas. A Cartilha também lista terapêuticas indicadas para os casos mais comuns, facilitando a busca por determinada linha de atendimento profissional.

A Cartilha de Saúde Mental da Advocacia destaca ainda o trabalho do presidente da CAASP, Luiz Ricardo Vasques Davanzo, que é também diretor-tesoureiro da Coordenação Nacional das Caixas de Assistência dos Advogados (Concad), na criação de políticas de saúde mental para a advocacia, como incluir psicólogos e psiquiatras na rede referenciada das Caixas de Assistências e atividades esportivas e musicais.

A Cartilha da Saúde Mental da Advocacia é uma das peças que compõem o Plano Nacional de Prevenção das Doenças Ocupacionais e da Saúde Mental da Advocacia, oficializado pelo Provimento 186/2018 do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.

Para acessar a Cartilha de Saúde Mental da Advocacia, clique AQUI

Fonte: CAASP