Comissão de Direito e Liberdade Religiosa define metas de atuação: atividades educativas e preventivas

Equipe de Campinas vence a primeira partida das quartas de final da Copa Estadual
07/10/2019
Ciclo de Palestras do Outubro Rosa começa nesta terça-feira: atividades são gratuitas
07/10/2019

As advogadas Adriana Cristina de Paiva e Priscilla Cruz Sato e o membro colaborador da Comissão, Carlos Alexandre Carvalho Duarte

A Comissão de Direito e Liberdade Religiosa da 3ª Subseção realizou três reuniões ordinárias tendo como foco principal a elaboração do plano de ação e as metas de trabalho do grupo. A proposta da Comissão é atuar com ações educativas e preventivas, por meio de estudos e eventos, visando promover a reflexão sobre o respeito às diversas religiões, bem como combater à intolerância religiosa.     

Segundo a secretária da Comissão, a advogada Adriana Cristina de Paiva que conduziu a última reunião, no dia 3 de outubro, a ideia é realizar eventos e parcerias com entidades e instituições que também atuam com o mesmo propósito, de conscientização sobre o direito fundamental do cidadão de praticar a fé de forma livre, seja qual for a religião.

Os integrantes da Comissão têm participado ativamente de vários eventos externos sobre a questão, representando a Subseção de Campinas. Em setembro, a Comissão participou de evento realizado na 33ª Subseção (Jundiaí). Também esteve presente na Câmara Municipal de Campinas, no lançamento da campanha “Respeite a Minha Fé”, organizada pela ARMAC – Associação dos Religiosos de Matriz Africana de Campinas e Região.

Ainda na Câmara Municipal, membros da Comissão participaram do ato em que membros da Assembleia de Deus fizeram pedido público de desculpas aos representantes de religiões de matriz africana. O caso ocorreu em 2017, na lavagem das escadarias da Catedral, quando um grupo de pessoas da igreja Assembleia de Deus teria intimidado as mães de santo que estavam no local.  

Skip to content